Estupro de pinguins por foca gera mal estar entre Microsoft e linux

As cenas bizarras que mostram uma foca estuprando um pinguim em uma ilha no Atlântico Sul geraram intriga em centenas de biólogos e revolta em muitos usuários do sistema operacional Linux. De acordo com um colaborador do sistema livre, a Microsoft teria “plantado” a foca destemperada para estuprar de forma proposital os pinguins (justamente o símbolo do software Linux). “Isso foi uma armação para mostrar como a Microsoft quer nos humilhar e mostrar o seu poder. Uma mensagem subliminar covarde”, denunciou um simpatizante do sistema livre.

Por sua vez a Microsoft se defendeu das acusações: “Essa denúncia não possui nenhum embasamento sério. Jamais faríamos isso para mostrar nossa superioridade. Eles estão querendo tirar a foca, quero dizer, o foco da nossa liderança”, completou um dos gerentes da multinacional enquanto comia uma maça.

Polêmicas à parte, quem realmente se deu mal nessa história foram os pinguins estuprados. Após a cópula, eles acabavam sendo devorados pela foca. Parece que os “animaizinhos engravatados”, se pudessem, seriam contrários à campanha do Greenpeace pela preservação das focas. Afinal, pimenta nos olhos dos outros é refresco!
Estupro de pinguins por foca gera mal estar entre Microsoft e linux Estupro de pinguins por foca gera mal estar entre Microsoft e linux Reviewed by Não Leia on agosto 29, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.